PPR

Programa de Proteção Respiratória

Obrigatório para as empresas cujo ambiente de trabalho, contem poeira silica, gases e vapores.

Gestão de Programa de Proteção Respiratória

Para o sucesso da prevenção da saúde dos colaboradores, o PPR deve ser planejado, executado e avaliado anualmente. Outros fatores também são importantes para assegurar o desempenho positivo das medidas de segurança, como:

Manutenção, inspeção, limpeza e higienização dos respiradores

Descarte do EPI na hora certa

O monitoramento do uso

Avaliação médica

monitoramento das exposições ocupacionais

armazenamento dos respiradores

MAIS INFORMAÇÕES

A Portaria nº 1 de 11 de abril de 1994 emitida pelo Ministério do Trabalho, estabelece um regulamento técnico sobre uso de equipamentos de proteção respiratória, determinando que todo empregador, ofereça a seus empregados os equipamentos adequados de proteção respiratória, os EPR, sempre que for preciso. Essa foi uma forma encontrada de complementar as medidas eletivas implementadas, aumentando ainda mais a segurança do trabalho e reduzindo os riscos existentes nos ambientes de trabalho. Desde o dia 15 de agosto de 1994, o PPR tornou-se uma prática obrigatória para todas as empresas na qual o uso de respirador fosse necessário. Dentro dessa portaria, foi determinado que houvesse a elaboração, implantação e administração de um programa capaz de selecionar os equipamentos apropriados e seu devido uso para a proteção respiratória.

O PPR contempla os seguintes itens:

A administração e os procedimentos existentes no programa

O uso adequado dos EPR, considerando sempre o tipo de atividade que está sendo realizada e as características individuais de cada trabalhador

A indicação do equipamento seguindo as especificações dos riscos que o trabalhador pode ficar exposto

As características físicas existentes no ambiente

O monitoramento aperfeiçoado e constante das áreas de trabalho, bem como dos riscos ambientais no qual os trabalhadores podem ficar expostos

A orientação para o abandono do local de trabalho por parte do trabalhador, caso haja algum problema com o seu EPR

Os critérios para a escolha dos equipamentos de proteção respiratória

As devidas instruções e treinamentos que deve ser ministrado ao usuário sobre os riscos inerentes da atividade, o uso, guarda, conservação, higienização e as limitações dos equipamentos de proteção respiratória

Dúvidas?

Envie-nos uma mensagem!

Abrir chat
Olá! Bem vindo ao nosso atendimento personalizado via Whatsapp! Caso tenha alguma dúvida ou esteja interessado em um dos nossos cursos ou avaliações, envie-nos uma mensagem agora mesmo que estaremos te respondendo em instantes!