Avaliações Quantitativas

        • Dosimetria do ruído

          A exposição a agentes físicos no ambiente laboral é fonte de risco à saúde e compromete o bem estar do trabalhador. A DOSIMETRIA tem por objetivo identificar e qualificar a magnitude do risco físico ruído como potencial causador de doença profissional.

        • Vapores Orgânicos

          Os vapores orgânicos são aqueles formados por átomos de carbono com hidrogênio, podendo ainda conter outros elementos em sua composição — como o oxigênio e nitrogênio. Embora o vapor d’água seja um tipo de vapor inorgânico que está presente em toda a atmosfera, do ponto de vista toxicológico, os compostos orgânicos são mais comuns que os considerados inorgânicos.
          São exemplos de vapores orgânicos: benzeno, acetato de etila, álcool etílico, éter etílico, tricloroetileno, acetona, entre outros. Quem trabalha em contato com esses gases deve ficar atento aos riscos oferecidos por essas substâncias, tais como contaminação por inalação, queimaduras e lesões de pele.
          Cabe à empresa contratante oferecer todos os equipamentos de proteção individual necessários para garantir a segurança dos funcionários que desempenham atividades em ambientes com a presença de vapores orgânicos. A máscara respiratória é um dos dispositivos fundamentais para garantir a proteção desses colaboradores, impedindo que a inalação de gases tóxicos cause danos ao sistema respiratório.

        • Fumus Metálicos

          Independentemente do tipo de solda usado em sua empresa, seja ele MIG, MAG, TIG ou eletrodo, o processo libera muitos resíduos tóxicos para o trabalhador – como por exemplo os fumos metálicos, que são aerossóis termicamente gerados, formados pela condensação de vapores de metais fundidos em operações de solda.​ Embora os fumos sejam quase imperceptíveis a olho nu, essa exposição pode ter consequências gravíssimas para a saúde, em curto, médio e longo prazo.​

        • Poeiras

          Há muita confusão quando se trabalha com a avaliação da exposição a poeiras. O que é poeira respirável? E inalável? Quando preciso avaliar poeira total?

          A melhor referência sobre o assunto é a Norma de Higiene Ocupacional 08 (NHO-08), publicada pela FUNDACENTRO.

          Ela estabelece o procedimento técnico para a avaliação de particulados sólidos suspensos no ar de ambientes de trabalho, tais como sílica cristalina, metais, carvão vegetal, negro de fumo, madeira, cereais, farinha e PNOS.

        • Calor

          Os empregadores devem adotar medidas de prevenção e controle, de modo que a exposição ao calor não cause efeitos adversos à saúde do trabalhador.

        Entre em contato com nossa equipe:

        Governador Valadares – MG:
        Rua Teófilo-Otoni, 318, Centro
        Cep: 35020-600
        Telefone: (33) 3271-1898

        Belo Horizonte – MG:
        Av. Afonso Pena, 732, Sala 1101 a 1104, Centro
        Cep: 30.130-006
        Telefone: (31) 3272-3354

        Ipatinga – MG:
        Rua Belo Horizonte, 93, Centro
        Cep: 35160-034
        Telefone: (31) 3821-5951

        Coronel Fabriciano – MG:
        Av. Dr. José de Magalhães Pinto, 134 – Sala 02 – Giovanini
        Cep: 35170-096
        Telefone: (31) 3841-1027

        Teófilo-Otoni – MG:
        Av. Luíz Boali Porto Salman, 308, sala 107, Centro
        Cep: 39.800-087
        Telefone: (33) 3523-1757

        Timóteo – MG:
        Rua Vinte de Novembro, 278, sala 201, Centro
        Cep: 35180-000
        Telefone: (31) 3849-1672

        Vitória – ES:
        Praça Francisco Teixeira da Cruz, 16 – Sala 1004 – Centro
        Cep: 29010-155
        Telefone: (27) 3019-6514

Abrir chat
Olá! Bem vindo ao nosso atendimento personalizado via Whatsapp! Caso tenha alguma dúvida ou esteja interessado em um dos nossos cursos ou avaliações, envie-nos uma mensagem agora mesmo que estaremos te respondendo em instantes!